18 ª Campanha da Mundicenter 2019

Eu não sei se algum dia eu vou mudar
Mas eu sei que por ti posso tentar
Até me entreguei e foi de uma vez
Num gesto um pouco louco
Sem pensar em razões nem porquês”

 

Para qualquer um de nós são apenas uns versos. Alguém que não sabe se vai mudar, mas sabe que, por “ti”, pode tentar. Para qualquer adolescente, soul e funk lover, continuaria dizendo: “O amor é assim / Pelo menos pra mim / Deixa-me do avesso / Tropeço, levanto e volto pra ti”.

Pois é o título da música “O Amor é Assim”, e quem canta são os HMB, e qualquer adolescente sabe cantá-la de cor e salteado.

A escolha dos HMB como “padrinhos “ da 18ª Campanha da Mundicenter vem na tentativa de aproximar os jovens à temática da dádiva de sangue.

Os membros da banda HMB não sabiam que iam mudar, mas sabiam que por nós (IPST), podiam tentar (parafraseando a letra da música), e tentaram. Com esta participação na Campanha de dádiva de sangue da Mundicenter também mudaram a opinião de alguns jovens de que vale a pena “num gesto um pouco louco / sem pensar em razões nem porquês” ajudar alguém a ser mais saudável.

Foram 12 dias de campanha, em 6 dos 8 Centros Comerciais da Mundicenter. O Amoreiras e o Spacio Shopping em Lisboa, o Strada Outlet em Odivelas, o Oeiras Parque, o Arena Shopping em Torres Vedras, e no Norte, o Braga Parque.

Foram 12 dias em que houve 2.248 inscrições para a dádiva de sangue. Os homens têm estado arredados destes gestos, foram apenas 37,1% das inscrições. O sexo feminino “sem pensar em razões nem porquês” apareceram em maior número e fizeram a diferença com cerca de 62,9% das inscrições. Elas sabem, elas são mulheres, elas serão mães, elas têm uma sensibilidade especial para com o próximo, e talvez por isso, façam a diferença. Seja como for, cerca de ¼ das inscrições para a dádiva de sangue foram feitas pela 1ª vez. Quem o fez pela 1ª vez “sabe que por ti (doente) pode tentar”.

 

Loading...
Loading...