O IPST,IP assinala o Dia Mundial do Dador de Medula Óssea, que se celebra no dia 18 de setembro, com uma sessão comemorativa que irá decorrer na véspera, dia 17, em formato misto: presencial e online. Esta data é dedicada aos Doentes que necessitam de um transplante de Medula Óssea e aos Dadores Voluntários.

Este ano sob o lema “ Eu ajudo a Salvar Vidas”, baseado no tema da WMDA (World Marrow Donor Association – I support saving Lives), o IPST,IP pretende promover a História do Registo desde a sua Fundação, apresentar Projetos de Desenvolvimento e estimular o envolvimento da Comunidade em atividades futuras. Serão apresentados e discutidos vários assuntos, designadamente a atividade do Registo Português de Dadores de Medula Óssea – CEDACE.

A Sessão comemorativa acontece esta sexta-feira, no Anfiteatro do Centro de Sangue e Transplantação de Lisboa – Área da Transplantação, Lumiar (Hospital Pulido Valente), entre as 09:30 e o 11:30, e contará com a presença de vários profissionais desta área, bem como do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales.

O IPST,IP disponibilizará nos meios oficiais o link para poder participar neste evento online.

Em anexo disponibiliza-se programa do evento.

Lisboa, 15 de setembro de 2021

Dados de acesso para evento online:

  • link do evento
  • Número da reunião (código de acesso): 2377 108 7650 Senha da reunião: VMyPp39b6CC (86977392 de telefones e sistemas de vídeo)

Ser dador de sangue é muito mais do que dar sangue. É uma dádiva de vida! São muitas as questões que se colocam à população. Todas as pessoas podem dar sangue? Quais as condições para o fazer? Quais os seus direitos e deveres enquanto dador de sangue? Porque não podem dar sangue quando tomam antibióticos?

O IPST quer reforçar a literacia em saúde sobre os critérios de elegibilidade para a dádiva de sangue, no contexto da promoção da dádiva de sangue segura e informada, por forma a capacitar os potenciais dadores para questões que os podem impedir de dar sangue; evitando deslocações desnecessárias e permitindo uma resposta mais eficaz por parte dos serviços de sangue.

A qualquer momento qualquer um de nós pode necessitar de receber uma transfusão sanguínea para continuar a viver, fazendo desta causa algo que diz respeito a todos nós.

Este curso, pretende ainda, sensibilizar os potenciais candidatos à dádiva, para os critérios de segurança a serem observadas na dádiva de sangue.

Venha aprender connosco mais sobre a dádiva de sangue.

 

Programa Dador de Sangue: Critérios de Elegibilidade

https://www.nau.edu.pt/pt/curso/dador-de-sangue-criterios-de-elegibilidade/

 

O período de verão e as férias dos portugueses contribuem para que diminuam as reservas de sangue. O regresso deste período de férias e a retoma da atividade hospitalar torna imprescindível reforçar as reservas de sangue, para que todos os doentes que precisam de receber componentes sanguíneos possam ser tratados.

Assim, convidamos todos os dadores habituais que se encontrem em condições de fazer uma dádiva de sangue que o façam no seu local habitual; bem como a todos aqueles que nunca deram sangue e querem através deste ato ajudar a Salvar Vidas.

A dádiva de sangue é um gesto solidário e altruísta que não tem contraindicações para um adulto saudável. Se tem entre 18 e 65 anos (o limite de idade para a primeira dádiva são os 60 anos), tem peso igual ou superior a 50 kg e tem hábitos de vida saudável, junte-se a esta família solidária.

Saiba mais em www.ipst.pt ou para informação sobre os locais de colheita em www.dador.pt

Dê Sangue já!