IPST aderiu ao Pacto para a Conciliação

Realizou-se, no dia 11 de julho, no Palácio Foz, em Lisboa, o segundo encontro no âmbito do Pacto para a Conciliação, com a participação da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Dra Mariana Vieira da Silva, e da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Dra Rosa Monteiro.

O Pacto para a Conciliação foi lançado pela Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade em dezembro de 2018, e tem como principais objetivos promover um maior equilíbrio entre a vida profissional, pessoal e familiar, como condição para uma efetiva igualdade entre homens e mulheres, de bem-estar, de produtividade e de sustentabilidade demográfica e para uma cidadania plena, que permita a realização de escolhas livres em todas as esferas da vida, ou seja, assumindo uma mudança cultural e organizacional no sentido do reconhecimento da conciliação da vida profissional, pessoal e familiar como critério de gestão das organizações.

Neste segundo encontro, além de um balanço do trabalho já desenvolvido e da troca de experiências foram formalizadas novas adesões (APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve, Câmara Municipal de Fafe, Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres, Instituto Português do Sangue e da Transplantação, IP, INFARMED – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde e o Instituto Politécnico de Viana do Castelo).

As organizações signatárias do Pacto para a Conciliação assumem o compromisso de implementarem e certificarem um sistema de gestão com base na norma portuguesa NP4552:2016 (sistema de gestão da conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal).

Loading...
Loading...